Mentirosos

09:00:00








                              Título: Mentirosos
                    Autor(a): E. Lockhart
                               Páginas: 272
                            Editora Seguinte
                                 Ano 2014










  "Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão numa ilha particular. Cadence – neta primogênita e principal herdeira –, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos. Cadence admira Gat por suas convicções políticas e, conforme os anos passam, a amizade com aquele garoto intenso evolui para algo mais. 
  Mas tudo desmorona durante o verão de seus quinze anos, quando Cadence sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido... até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu."


    A família Sinclair é rica, poderosa, e preza as aparências acima de tudo. Eles não podem demonstrar fraqueza, têm de manter a pose todo o tempo. Passam as férias de verão em uma ilha particular, onde todas as suas 3 filhas têm suas próprias casas, e seus filhos, várias atividades de lazer para praticar. Bens materiais são mais importantes. Eles são bem arrogantes. Gat, Johnny, Mirren e Cady, são os únicos ali que parecem não ligar muito pra esse jogo de poder.
   Os Mentirosos, amigos inseparáveis, mas só ali na ilha mesmo. Uma vez ao ano, durante o verão eles se encontram e se divertem, aproveitam o momento. Mas as coisas mudam inesperadamente. Um acidente acontece, e Cadence se machuca e sofre com problemas de amnésia, depressão, enxaquecas, e toma vários remédios para tentar parar a dor, e a angústia de viver sem uma lembrança sequer sobre o acontecido. Pra piorar a situação, além da família a tratando com uma cautela incrível, não lhe dando pistas e nem a ajudando a entender o que aconteceu, tudo está mudado.
   No verão em que Cadence volta para a ilha, ela passa todo o tempo tentando reavivar a memória dela, tentando entender o que foi que aconteceu e porquê ela está mal do jeito que está. Porquê as coisas estão tão diferentes? Porquê a família não quer ajudá-la? Ela só tem as férias de verão para entender.
   Em uma parte do livro, chega a ser óbvio o que aconteceu (e não, não é no final). Não acho que era essa a intenção da autora, mas ela acabou entregando muito fácil o desfecho da história. Isso atrapalhou muito o impacto da descoberta sobre o motivo e o modo como a Cadence se acidentou. O que atrapalhou qualquer surpresa que a autora estava guardando.
   Uma coisa que me incomodou e que me fez falta, foi sentir algo em relação aos personagens. Eles não me cativaram, e isso fez com que eu não sentisse empatia ou qualquer outro sentimento pela Cadence e os Mentirosos. Fez com que eu não me envolvesse tanto com a história. Em algumas partes cheguei a pensar que a intenção da autora era essa. Mas não acho que faria sentido.
   Se ela tivesse trabalhado um pouco mais os personagens, a personalidade deles, eu teria me envolvido mais na história, e tornado ela algo real, ou tocante, sabe? Eu queria ter sentido a dor da família Sinclair, a dor da Cadence, dos Mentirosos, mas não consegui. Não me senti a Cadence, não entrei na história, não me envolvi. E o bacana de livros narrados em primeira pessoa é isso, né? Sentir como se fosse você contando a história. Fiquei bem triste, pois coloquei muita expectativa no livro. Expectativas essas que não foram atingidas.
   Fora isso tudo, a narrativa é muito boa e a leitura flui facilmente. Consegui aproveitar a moral impressa ali, mas não achei a história surpreendente. Para mim, foi mais do mesmo. Não me encantei com os personagens, e não gostei muito do livro. Dei 2 estrelinhas.
   Mas ó, é um bom livro pra passar o tempo. Como eu disse, a leitura flui muito bem, e o livro é relativamente pequeno. E embora eu não tenha gostado, não deixo de indicar o livro. Li muitas resenhas positivas, então talvez você goste. Leia e tire suas próprias conclusões. rs

Não esqueça de deixar sua opinião nos comentários!
Um abraço apertado e até a próxima!


You Might Also Like

2 comentários

  1. Fiquei com vontade de ler!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Popular Posts

Facebook

Instagram