Onde você estará daqui a 1 ano?

22:50:00


  Nunca vi tantas câmeras apontadas para mim. A fila em minha frente dava voltas na livraria, e eu estava em êxtase. Realizar um sonho é algo indescritível. Há um ano atrás eu me imaginava trabalhando em um emprego qualquer, escrevendo nas horas vagas e me esforçando na faculdade. Porem não foi bem assim que as coisas ocorreram. Agora sou a mais nova autora da editora Novo Século e meu livro se tornou o young adult mais vendido do país. Sempre acreditei em mim, mas não imaginava a proporção que as coisas tomariam.
  Quando a sessão de autógrafos começou o frio na barriga aumentou. Eu realmente adoro ter esse contato com os meus leitores. Horas e horas se passaram e quando a fila finalmente estava terminando já me sentia exausta. Mais alguns autógrafos se passaram e quando finalmente a fila tinha acabado, mais uma pessoa foi se aproximando com meu livro na mão. Seu jeito de andar era familiar, sua postura, sua pele, seus olhos... Senti o passado voltando para mim.
  Se eu gelei quando reconheci a pessoa que estava parada bem a minha frente? Claro. Ele não mudou nada. Pude constatar isso quando ele abriu aquele sorriso de lado, que fez surgir aquelas covinhas profundas e singelas, que a um bom tempo atrás eu tinha a sorte de presenciar quase todos os dias. Não consigo acreditar que ele tá aqui, com o all star vermelho, a calça preta e aquela blusa do RHCP que ele ama. E com o meu livro na mão!
  Ele nunca foi de expor suas opiniões em relação ao meu sonho, e meu gigante desejo de me tornar uma escritora. Mas sempre confiou no meu potencial. Lembro até hoje do dia que contei a ele que o primeiro capítulo já estava pronto, e revisado. O sorriso que ele abriu me encheu de confiança e alegria. Não consegui não inserir toda a personalidade forte, e o senso de humor incrível que ele tinha, nos personagens desse livro. Não colocá-lo em algo que fazia parte de mim, era algo impossível.
  Depois de um ano de muitas experiências no intercâmbio que ele fez pra Londres, e de tanta saudades da minha parte, ele tá aqui, ele veio me parabenizar. Depois do nosso término, eu pensei que nunca mais nos encontraríamos. 
  Ele conseguiu, realizou um sonho que era dele, meu, nosso. Lembro da felicidade que fiquei quando descobri que ele tinha passado na prova do curso de inglês, e ganhado o intercâmbio. O brilho nos olhos dele, o sorriso que não cabia no rosto, e toda aquela animação que me contagiou, e me encheu de orgulho.
  Um intercâmbio de um ano. Um ano longe um do outro. Não foi fácil tomar a decisão que tomamos. Mas quando alguém que você ama consegue finalmente alçar voo, cortar as suas asas é algo cruel. Nunca tentaria encontrar motivos para ele ficar aqui, e não se aventurar em outro país. Não há motivos para isso. Ele me apoiou, e eu o apoiei. Nunca acreditei em términos amigáveis, mas olha só, aconteceu.
  Ele tá aqui. Acorda. 
  Retribuo o sorriso, e pego logo o livro. Autografo com uma dedicatória bem saudosa e aproveito para agradece-lo por todo o apoio e inspiração. Ele diz que duvida que eu não conseguiria escrever esse livro incrível, sem o apoio dele. Sim, ele disse incrível. A palavra que resume o meu dia, e a minha vida daqui a diante. Recebi tanto amor e carinho dos leitores incríveis que eu consegui, e ainda ganho de bônus meu amor melhor amigo de volta? Dá pra acreditar que estou indo jantar com ele? Parece um sonho, mas é só a vida me surpreendendo.

  Esse texto faz parte do projeto 642 coisas sobre as quais escrever. Sorteamos o tema 23, que é o "Onde você estará daqui a 1 ano?". Nós o escrevemos juntas, e achamos bem legal essa coisa de uma começar e a outra terminar rs

E aí, gostaram? Não esqueçam de nos dizer o que acharam! 
Um beijo e um abraço,
Ana&Iasmin

You Might Also Like

2 comentários

  1. Quem não queria estar no lugar dela? hahaha
    Muito bom o texto, vocês escrevem muito bem!
    Beijos
    http://lovelyplacee.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Popular Posts

Facebook

Instagram